Castração um ato solidário

O que mais nos deparamos hoje em dia são com cães abandonados. O número de cães na rua em estado de calamidade só aumenta, enquanto o número de castrações por ano só diminui. A conta não pode exatamente por isso: mais cães na rua, mais proliferação, menor cuidado com os pets.

 

A castração que para muita gente ainda é tabu é uma ótima forma de prevenção do aumento de número de abandono e até mesmo de doenças.

 

As campanhas de castração gratuitas em bairros são uma forma de tornar acessível um procedimento necessário para a saúde pública. Este tipo de iniciativa que acontece até mesmo em universidades viabiliza que todos os cães sejam castrados, inclusive os de rua.

 

Mas, é preciso lembrar que caso você pegue algum cãozinho na rua e leve para castrar, o pós operatório o bichano precisará de você também. Então, nada de castrar e devolver o animal para a rua, combinado?

 

O ideal é que neste tempo de repouso você ganhe tempo para encontrar um dono.  Vacinado, castrado e bem alimentado são as condições essenciais para um pet viver, além de claro com toda a higiene e segurança necessária.

 

Precisamos profanar a ideia de castração sendo um ato solidário para todos. Divulgue no seu Facebook, converse com seus amigos, debata em família, crie atos solidários entre amigos… Quanto mais a castração é divulgada, menos abandono irá acontecer.

 

O que acontece muito é que famílias adotam um filhote, quando ele cresce abandonam este animal na rua, este animal gera mais filhotes, e o ciclo continua…

 

Precisamos dar um basta nisso e solucionar de uma vez por todas o abandono de cães nas ruas.

 

Conheça os oito benefícios da castração

 

  • Em fêmeas, o procedimento diminui o risco de câncer de mama. E quanto mais cedo, melhor: 99% das cadelas castradas antes do primeiro cio não desenvolvem a doença. Já em gatas, a castração reduz as chances de câncer de mama entre 40% a 60%.
  • Em machos, a castração reduz a frustração sexual e a necessidade de sair em busca de “namoradas”. Ao mesmo tempo, isso diminui o risco de fugas, atropelamentos e brigas com outros machos.
  • As fêmeas não ficam mais vulneráveis a infecções uterinas graves, como a piometra, uma vez que o seu aparelho reprodutor é removido durante o procedimento.
  • Já em machos, reduz-se em grande escala os problemas de próstata e evita-se o câncer de testículo, que pode ser fatal.
  • As fêmeas não entram mais no cio, poupando os tutores de lidar com o sangramento e com possíveis cães de rua importunando no portão.
  • Cães e gatos machos sentem menos necessidade de marcar o seu território com urina.
  • Seu animal de estimação também pode ficar mais dócil, facilitando a interação e reduzindo situações problemáticas – especialmente entre os que tinham comportamento agressivo antes.
  • Uma vez que seu cão está castrado, consulte seu veterinário sobre a quantidade de comida que você deve oferecer. Em geral, os animais castrados consomem menos calorias. Ressaltamos ainda que a castração em si não faz os animais engordarem. O que acontece em alguns casos é a redução de atividade física (o animal fica mais calmo), o que o leva a ganhar peso. Basta ficar de olho e não deixar de exercitá-lo.

 

Agora que você já sabe de todos os benefícios da castração, divulgue este texto e ajude a diminuir o índice de abandono de animais!

Leave a reply