Como ensinar os cães a passear

Ensinar o cachorro a passear sem guia é considerado adestramento avançado. Para passar sem guia de forma segura, os cães precisam aprender manter posições por um certo período de tempo, responder a comandos acerca de distrações e à distância. Nem todos os cães estão prontos para este tipo de treinamento e alguns cães impõe dificuldades maiores que outros.

Alguns cães, como os sabujos (farejadores) e galgos (cães que se destacam pela visão), foram seletivamente procriados para trabalhar com os caçadores e o mero cheiro ou vista da presa podem fazê-los correr instintivamente sem dar a menor atenção aos chamados de retorno do dono. Se você tiver sorte de ter um cão dócil e for paciente, consistente e comprometido, você pode treinar o seu cão a passear sem guia e conseguir resultados confiáveis também desde que siga certas regras.

1 – Comece em uma área cercada

Como você está treinando, é melhor iniciar praticando em uma área segura e cercada. Afinal de contas, como você pode ensinar o cachorro a passear sem guia se ele está sempre com guia? Assim como você não consegue aprender a andar de bicicleta numa bicicleta ergométrica que não sai do lugar, o seu cão não aprenderá a passear sem guia estando sempre na guia. Dentro de uma área segura e cercada, o seu cão pode finalmente ficar sem guia, e se ele decidir sair correndo não poderá ir muito longe e, melhor de tudo, não será exposto a perigos.

Não se preocupe, você e seu cão não ficarão restritos a uma área cercada para sempre. A medida que o seu cão melhorar, o treinamento avança e você poderá então trabalhar em áreas cercadas maiores e com mais distrações. A área cercada irá ajudá-lo a “testar as águas” e determinar o quão confiável pode ser o seu cão sem guia sem maiores riscos.

 

2- Trabalhe no comando de vir quando chamado

Quando o seu cão estiver sem guia em uma área fechada, você pode trabalhar em testar alguns importantes comandos de voz. Você não necessariamente precisa contar com comandos de voz, algumas pessoas gostam de usar apitos. Um dos mais importantes comandos do adestramento sem guia é uma chamada confiável, um comando que simplesmente diz ao seu cão para voltar até você não importa o que aconteça.

Isso significa ser possível chamar o seu cão para longe de situações que possam distraí-lo como um animal fugindo, pessoas e outros cães. Você não quer o seu cão correndo atrás de animais e outras pessoas durante o passeio! Também considere que para muitos cães que não estão acostumados sem a guia, a liberdade pode parecer bastante emocionante no início, e chamá-lo para longe da diversão pode parecer punição. Sempre garanta que coisas muito legais aconteçam quando você chamar o seu cão!

3 – Recompense apresentações voluntárias

Quando o seu cão estiver sem guia, preste atenção àqueles momentos em que ele decide voltar até você voluntariamente. Demonstre que reconheceu essa apresentação parabenizando e recompensando o seu cão quando ele fizer isso. Com tempo e prática, você deverá ver o seu cão vindo até você mais e mais. Quando comportamentos persistem e aumentam em frequência é uma indicação de que você está reforçando-o corretamente.

Caso você não veja muitas apresentações voluntárias, pergunte-se se talvez você não esteja recompensando-o suficientemente. Muito provavelmente o seu cão achará outros estímulos a sua volta que ele considere muito mais interessantes que você. Para suceder, você terá que competir com esses estímulos do ambiente. Recompense em abundância e ofereça petiscos especiais trocando-os de tempos em tempos para adicionar um elemento surpresa.

 

4 – Trabalhe no comando parar

Enquanto uma chamada confiável é importante para um cão sem guia, é igualmente importante ter um cão capaz de parar ao seu comando, mesmo a distância. Diferentemente de chamada, quando o seu cão vêm prontamente correndo até você, um cão que para sob comando simplesmente não se move mais. Esse comando pode se tornar salvador caso o seu cão se coloque numa situação, por exemplo, em que você não quer que ele atravesse a rua ou persiga um animal perigoso.

O comando parar pode simplesmente significar que o seu cão congele na posição, imediatamente sente ou deite e fique aguardando até que você libere-o. Caso você queira, pode combinar o comando de parar com o chamar treinando o seu cão para parar e então liberando-o com o comando de chamada. Desta forma, o seu cão recebe dois tipos de reforço: primeiro, ele está livre para se mover novamente o que para muitos cães é recompensador, e além disso, ele é recompensado por vir até você.

Isto pode ser tornar num jogo divertido e você pode conseguir um bom nível de controle. Pode soar um tanto quanto irônico, mas cães que realmente colhem os benefícios do passeio sem guia são ultimamente os que estão sob maior controle!

5 – Trabalhe no comando para ficar junto

Podem ter vezes que você pode querer que o seu cão sem guia fique junto a você. Por exemplo, você pode estar caminhando e encontrar outras pessoas. Não é muito legal se o seu cão sair correndo até eles e, mesmo que você possa chamá-lo, as pessoas podem se assustar do cachorro que está prestes a chegar solto perto deles.

Também pode acontecer de repentinamente você ouvir algum outro animal aos redores e quiser que o seu cão fique junto a você em segurança em vez de arriscar. Antes de sair a passear sem guia, pratique este comando com o seu cão de forma que ele execute bem mesmo num ambiente cheio de distrações.

Como visto, ensinar o cachorro a passear sem guia requer que você treine uma combinação de comandos para manter o seu cão seguro e esses comandos devem estar dominados antes de sair sem a guia. Quanto mais você treinar acerca de distrações em áreas cercadas, mais preparado seu cão estará para confrontá-las em situações reais. Então não é uma má ideia convidar amigos e ter outros cães ao redor a medida que você trabalha em áreas seguras confinadas.

Mas lembre-se, não importa o esforço que você coloque em ensinar o seu cão, nenhum nível de treinamento pode torná-lo 100 por cento seguro, então escolha com prudência as áreas que você deixará o seu cão livre. Obviamente seria muito arriscado andar com o cachorro sem guia perto de uma rua cheia de carros. Também considere que nem todos os lugares permitem cães sem guia, então haja de forma segura, respeite os demais e siga as leis locais.

 

Nós do Hospital Veterinário Saúde trabalhamos 24 horas para oferecer o melhor atendimento para o seu pet. Exames de imagem, especialidades, vacinas, cirurgias, laboratório e todo o suporte para o seu pet. Com excelente localização, profissionais reconhecidos no mercado e capacitados para atender todas as necessidades do seu melhor amigo em todas as horas.

Leave a reply