Dicas de adestramento

Ao adotarmos um cão queremos ensiná-lo truques como deitar, sentar, rolar, fingir de morto e dar a pata. Por isso segue algumas dicas de adestramento.

Ficamos muito orgulhosos do nosso animal quando estas tarefas são cumpridas e adoramos vê-lo feliz.

Estas atividades, conhecidas como adestramento, são ações baseadas na repetição do movimento com a finalidade de condicionar um comportamento favorável.

 

Os cães domésticos são descendentes dos lobos e, por isso tem o comportamento coletivo como se estivesse em uma matilha.
Neste contexto, ou ele é o
dominante ou é o dominado. Nas matilhas existe sempre o Alfa, que é o líder dos demais lobos.

Portanto, desde o início, você deve deixar claro que é você quem manda.

Os primeiros passos

Existem alguns passos iniciantes para quem quer adestrar o cachorro desde seu nascimento.

Para dar início ao treinamento comece com passos pequenos.

  • Os truques são as primeiras indicações para o seu cãozinho ser adestrado.Para instiga-lo a sentar segure um
    petisco na frendo do animal e faça movimentos levantando a mão até que ele se sente.
  • Para que dê a pata, bata com os dedos em uma das mãos, indicando que a pata dele deve ser colocada no lugar apontado.
  • E para deitar vá abaixando a mão até que o cão se deite. Para ele entender que isto é o que você espera deles,
    dê o petisco ao cão no fim da ação. Mas somente no fim.
  • Se o animal late excessivamente ele pode estar muito agitado. Portanto para diminuir os latidos,
    procure fazer atividades que esgote a energia do pet.Leve-o para passear ou para correr e sempre faça
    estímulos negativos aos latidos para que ele saiba que você recrimina o latido.

 

  • Se o seu cão fica muito agitado quando vê outra pessoa, ou até mesmo você, e começa a pular enfaticamente pise
    na coleira dele ou jogue um pouco de água no seu rosto
    , em repreensão.

Preparando o ambiente para adestramento de cães

Adestrar um animal de estimação não é tarefa fácil quando não somos profissionais do ramo. É comum que aqueles que não
têm condições de pagar um profissional tentem fazer, de forma amadora, o adestramento de seu animal, mas muitas dúvidas podem surgir no meio deste processo.

No caso dos cães, por exemplo, qual a melhor forma de preparar o ambiente? Qual o melhor local? Não basta a paciência e a dedicação,
outras medidas, se tomadas, podem tornar o treino mais eficiente, por isto, é fundamental tê-las em mente.

O cachorro tem que se sentir bem

É imprescindível que você conheça o seu cachorro, a raça e o temperamento. Cães de todas as raças e idades podem ser adestrados.
Os vira-latas, por exemplo, são notórios por causa de sua sagacidade e inteligência. Ou seja, o primeiro passo,
é saber com que tipo de
animal você está lidando
, para poder dar início ao treinamento. Cada cachorro aprende no seu próprio tempo, o respeito a este detalhe,
garante o sucesso de treino.

No que se refere ao ambiente, escolha um local com poucas distrações. Caso, em meio ao treino, o cão receba outros estímulos do ambiente,
isto pode afetar sua concentração distraindo-o dos comandos.
Um tapete plano, dentro de casa, um jardim com um gramado plano,
enfim, um lugar tranqüilo, são locais adequados para o adestramento.
Deixe o cachorro brincar um pouco antes de começar, para que esteja descansado e sem energia acumulada.

Sabendo que as dificuldades virão

Caso tenha um filhote ou um animal novo em casa, é importante que respeite a fase de adaptação do pet. Para tal,
procure saber de seus hábitos anteriores, como a ração ingerida, e mantenha da mesma forma, por alguns dias, até que o cão se adapte ao novo lar.

Neste período é inevitável que algumas coisas lhe fujam ao controle, como o animal acertar o local onde fazer as necessidades.

Tenha paciência, aos poucos, ele vai aprender, de acordo com seu comando, onde e quando deve ir.

Brinque com o cão para acalmá-lo e sempre tenha água limpa e sempre. Alimente-o bem, regularmente e dê a ele um lugar confortável para dormir.

A atenção a estas observações fará com que seu cachorro se sinta bem e confortável no ambiente em que se encontra e com você,
fator de maior importância para o bom resultado do adestramento.

Ter confiança no lugar onde está e com quem está faz do cão, um melhor aprendiz.

Leave a reply