Dicas de Cuidados no Verão com Cães e Gatos

Cuidados no Verão com Cães e gatos

É época de verão e os cuidados com os pets é tão essencial quanto o nosso. Aqui vão algumas dicas para promover o bem-estar do seu bichinho no calor do verão:

Eles também precisam de adaptação a mudança de calor e umidade do ar. Estas alterações, mesmo que ínfimas, podem comprometer a saúde dos bichanos diretamente. Pode-se ocorrer alterações através de picadas de mosquitos e pernilongos, infestações de parasitas, viroses e algumas doenças de pele.

veraocaesegatos

Cães não transpiram como nós humanos. Em caso de hipertermia (insolação), o processo de refrigeração na manutenção da homeostase, faz com que cães respirem pela boca mais veementemente, mostrando-se ofegante. Os gatos costumam deitar de barriga pra baixo em superfícies frias para conter o calor. Raramente eles colocam a língua para fora que nem cachorros e quando o fazem, é que estão em nível crítico. Estes são os primeiros sinais de que o animal, seja cão ou gato, precisa de apoio e atenção. Após isto, alguns cães e gatos chegam a provocar vômitos, edemas pulmonares, paradas cardíacas e coma.

veraocaesegatos2

A boa hidratação do animal é a forma inicial de evitar tais problemas. É importante que o pote de agua esteja sempre com agua fresca (pode colocar umas pedras (grandes) de gelo também) e, caso for passear, levar uma garrafinha para o animal beber antes mesmo de demonstrar os primeiros sinais. Também pode-se conversar com seu veterinário de confiança sobre outras bebidas possíveis de dar ao seu cão ou gato, tais como: água de coco ou sucos.

É importante também prestar atenção a temperatura do chão na hora do passeio. Procure sempre as sombras, ir em horários mais frios e testar sua própria sensibilidade a temperatura também. Eles têm patinhas tão sensíveis quanto nossos pés e podem queimar. No caso de levar o cão ao parque ou a praia, é a mesma situação anterior. Porém, nunca perca a visão do seu pet quando em contato com lugares com mar ou piscina. Para bichanos de pouca pelagem, existem produtos específicos para animais que podem protege-los do sol, procure o seu veterinário de confiança e pergunte-o sobre!

veraocaesegatos3

Não deixe seu pet sozinho no carro nunca. Nem em dias frios. A temperatura interna do carro quando fechado pode subir até 5ºC em 15 minutos. Se decidir deixar as janelas ou o ar condicionado ligado, também podem haver riscos de causar acidentes e seu pet passar mal ou morrer. Neste caso, evitar é a melhor opção.

veraocaesegatos4

Uma tosa nos cachorros peludinhos é uma boa dica para que se refresquem mais no calor do verão. Porém, não é bom que tire tudo pois pode ocasionar queimaduras na pele. O ideal é diminuir a quantidade. No caso de gatos, não é aconselhável realizar tosas nos gatos peludinhos pois esta é uma ação que causa muito estresse ao animal. O ideal é realizar escovações com frequência.

Na hora dos banhos, é preciso ficar atento ao choque térmico que pode ser causado. É aconselhável que molhe as patinhas e as orelhas do animal antes e depois espalhar cuidadosamente pelo corpo com as próprias mãos. Procure o seu veterinário para saber sobre o melhor remédio contra ectoparasitas (pulgas e carrapatos) pois são bastante frequentes nesta época do ano!

 

Leave a reply