Ingestão de Corpo Estranho em Cães e Gatos

A ingestão de corpo estranho é definida quando há ingestão de objetivos que não podem ser digeridos pelo animal. Torna-se impossível acompanhar o dia a dia do gato ou cachorro 24 horas por dia, então, é preciso que no momento de afeição e brincadeiras, perceba se o animal está se comportando normalmente. Caso não, os sintomas seguintes devem estar presentes: problemas de evacuação, recusa de comida e água, dificuldades respiratórias, dores abdominais, anorexia, vômitos, letargia, engasgos, salivação excessiva, movimentos anormais no intestino etc. que são causados pela irritação da mucosa gástrica, obstrução de escoamento ou distensão.

artigo1

Mas, como a biologia não é uma ciência exata, existem suas exceções. É o caso de um filhote de Beagle que ingeriu 18 pregos e seus donos só conseguiram perceber que algo estava estranho quando viram suas fezes. Depois que os donos identificaram o prego nas fezes, correram para um veterinário examina-lo. Através de um exame de raio-x detectaram 17 pregos nas cavidades gástrica e intestinal. Por sorte, o pequeno Beagle conseguiu passar por uma cirurgia para retirada dos pregos e agora passa bem.

É muito comum que cachorros da raça Beagles, principalmente quando jovens, tenha este costume de ingerir objetos não digeríveis como: sabonete, prego, anéis, brinquedos, agulhas, bijuterias, joias, meias, prendedores de cabelo, chupetas, pedras, ossos, panos, linhas, alfinetes, cabelos etc.

É preciso ficar de olho no animalzinho sempre que possível para ver se eles não ingeriram nada improprio para o organismo. Para quem assistiu o seriado americano Friends (1994), sabe bem o perigo de deixar objetos importantes perto de animais de estimação, quando o Ross confia o anel de seu casamento com o padrinho Joey e no passar da noite seu pato de estimação ingeriu o anel. Isto causou um sufoco para todos, visto que o anel é um objeto importantíssimo para o dia do casamento do Ross e contribui para os riscos da saúde do pato! Inclusive, trouxe lembranças saudosas com o pato por medo de perde-lo durante a cirurgia. Então, melhor ficar realmente atento!

artigo2

Tal ocorrência pode levar o animal à morte através de intoxicações por substâncias presentes na composição, sufocamento, perfurações gastrointestinais, em órgãos internos e hemorragias que podem não ser controladas. Ocorrências como estas estão entre os 10 principais acontecimentos em prontos socorros de hospitais veterinários do mundo.

Quanto mais rapidamente houver a detecção do problema, mais fácil será de ocorrer o tratamento. Buscando sempre, em prioridade, a ajuda de um profissional veterinário, pois ele saberá, com segurança, os procedimentos necessários do caso e diminuir ao máximo a chance de dano no animal.

artigo3

Como por exemplo: Gatos costumam engolir pedaços de fios, cordas e até mesmo fio dental. Quando, possivelmente, for detectado no ânus, este, NUNCA deve ser puxado.

É comum o veterinário, em situações como estas, realizar exames de raio-x ou ultrassonografia para detecção do local do objeto. O objeto pode ser retirado através de endoscopia, espera da evacuação ou cirurgia.

Tais animais (gato e cachorro) tem personalidade muito curiosa e gostam de conhecer tudo o que lhes aparece pela frente. É preciso ficar sempre atento e precavido da opinião de um profissional em caso de suspeita, pois há a possibilidade do objeto não causar dano algum, como também há a possibilidade de alguns causarem danos irreversíveis com lesões gástricas sérias, então, é melhor se precaver.

 

O Hospital Veterinário Saúde, foi criado com a filosofia de oferecer aos nossos pacientes e colegas veterinários um serviço especializado, com Qualidade, Confiança e Respeito. Serviços do Hospital Veterinário: Internação Veterinária – Clínica Veterinária – Cirurgias Veterinárias – Laboratório Veterinário – Cardiologia Veterinária – Acupuntura Veterinária – Odontologia Veterinária – Fisioterapia Veterinária – Ultrassom e Raio X

Leave a reply