Medicina Comportamental Veterinária

Apesar de ser uma área relativamente nova e em expansão, a etologia clínica é uma das 40 especialidades veterinárias reconhecidas pela AVMA (American Veterinary Medical Association), e, nos últimos 20 anos, passou por um desenvolvimento significativo, com fatos como a fundação da ACVB (American College of Veterinary Behaviorists), que contava, até o ano de 2013, com 53 diplomados.

Esses avanços recentes mostram a evolução da área, que, no final da década de 60, começava a emergir através de profissionais não veterinários. Porém, apesar do recente avanço, as disciplinas de medicina veterinária comportamental, tanto em nível de graduação quanto de pós-graduação, ainda são raras nas Faculdades de Medicina Veterinária brasileiras.

Para que seja realizada uma avaliação e um diagnóstico corretos, os casos comportamentais devem se valer de uma equipe multidisciplinar, ou seja, contar com um(a) médico(a) veterinário(a) especialista em comportamento, um(a) adestrador(a) que ofereça suporte à terapia comportamental, especialmente para cães, uma equipe clínica para realizar avaliações e exames físicos em função de esclarecer sobre a saúde física dos animais, etc.

Deve sempre haver integração profissional. A clínica veterinária comportamental é focada na abordagem múltipla, ou pluralista, que tem como principais pilares a modificação comportamental, as modificações ambientais e, quando necessário, agentes psicoativos (feromônios e psicofármacos).

Também são usadas, por muitos profissionais em alguns casos, algumas terapias complementares, como manejo nutricional, massagens, homeopatia, acupuntura, fitoterapia, etc. Através dessa abordagem múltipla, atinge-se um método de tratamento diferenciado e eficiente, que possui a vantagem de poder contar com inúmeros recursos que se complementam.

Deve ficar muito claro que a abordagem única para problemas comportamentais é, na maioria das vezes, ineficiente e acaba por trazer frustração tanto para humanos como para animais, aumentando a chance de uma interrupção total da busca por tratamentos e agravamentos severos dos quadros comportamentais.

Leave a reply