Outubro Rosa – Câncer de mama em cães

As doenças do mundo canino são muitas, e os animais que recebem as principais vacinas já ficam livres da incidência de uma série de problemas sérios que acometem esse universo com frequência. No entanto, nos dias de hoje, o câncer de mama em cadelas, assim como uma enorme variedade de tumores malignos, já fazem parte da lista de doenças mais temidas entre os donos de cãezinhos de estimação.

Promovendo um aumento considerável no número de profissionais que buscam formas de especialização e capacitação na oncologia veterinária, o câncer de mama em cadelas ainda é um dos principais tipos de tumor a atingir o mundo canino e, em função disso, cresce muito a quantidade de pessoas envolvidas em pesquisas e estudos que buscam novas e eficientes alternativas para prevenir e curar esse tipo de enfermidade.

Embora muitos possam acreditar que o câncer de mama do mundo canino é um problema que atinge, exclusivamente, as cadelas; esse pensamento é equivocado, já que, apesar de haver uma propensão bem maior dessa doença nas fêmeas, ela também pode afetar os machos em alguns casos.

Felizmente, parte dos casos de tumores mamários em cadelas é benigno, e não afetam a vida do animal de maneira tão negativa – no entanto, independentemente da gravidade que você creia ter o tumor encontrado na sua cadelinha, uma visita ao médico veterinário se faz absolutamente necessária; já que, nos episódios em que o tumor presente no corpo do pet é maligno, o diagnóstico precoce e o início imediato de um tratamento adequado são fatores que podem ser totalmente decisivos, e fazer toda a diferença entre a vida e a morte do cão ou cadela.

Por isso é essencial acompanhamento do médico veterinário e tratamento nos primeiros sinais.

Leave a reply