Cardiologia veterinária serve para prevenir, diagnosticar e tratar as doenças cardiovasculares em animais.

Cardiologia Veterinária

cardiologiahospitalveterinario

Problemas cardíacos nos animais é mais comum do que imaginamos. Saiba quais as doenças cardíacas que mais atinge cães e gatos, quais os tratamentos podem ser feitos e como evitar que seu animal de estimação tenha problemas no coração.

A vida média de cães varia muito entre 10 a 13 anos, e a dos gatos de 11 a 12, mas a grande maioria dos animais acabam vivendo muito mais. A grande dúvida de quem tem um animal de estimação é saber em como cuidar do seu bichinho de uma forma que ele fique saudável e tenha longevidade.

cardiologia veterinária

O que muitos donos não sabem, é que doenças cardíacas são bem comuns em cães e gatos e se não tiver um tratamento rápido e adequado esse problema no coração pode tirar a vida do animal. É de grande importância os donos se alertarem a saúde cardíaca dos bichos.

Passar por um cardiologista e cuidar desse órgão vital que é o coração, não é uma prioridade exclusiva dos seres humanos, mas de animais também. Muitos cães e gatos nascem com algum problema cardíaco, ou com uma pretensão maior de desenvolver ao passar dos anos, outros animais quando são mais idosos acabam desenvolvendo alguma doença no coração.

Nos últimos anos muitos veterinários andam se especializando em cardiologia veterinária, com o objetivo de ter conhecimentos maiores para cuidar dos animais, como os profissionais do Hospital Veterinário Saúde na parte cardiologia clínica.

 

Cardiopatia em cães e gatos

Cardiopatia são doenças que se desenvolvem no sistema cardíaco, nesta questão é bem parecido com os problemas no coração dos humanos. É comum cães e gatos terem alguma disfunção cardíaca, mas muitos donos de animais não se atentam ao seu bichinho, e acabam nem tendo o conhecimento que o próprio sofre por algo no coração.

Os pets podem estar em risco, o coração pode encandear outros problemas de saúde no cão e gato, a qualquer ação diferente que seu animal apresente que fuja de seu comum, procure um veterinário.

 

Doenças cardíacas mais comum em cães e gatos

Há uma lista de doenças cardíacas mais comuns que atingem cães e gatos. O cão tem mais propensão de sofrer de um problema no coração dos que os gatos, pois com mais frequência eles sofrem com a degeneração ou o envelhecimento das válvulas cardíacas, que são as válvulas mitral e tricúspide.   

  • Cães – Essas doenças nas válvulas do coração são conhecidas como endrocardiose ou doença valvular crônica que atinge principalmente raças de cães de porte pequeno, como os Poodles, Pinschers, Yorkshire, entre outros.

A segunda doença mais comum que atinge os cachorros é a cardiomiopatia dilatada, os cachorros de porte maior como labrador, fila, Pitbull, Boxer, Dogue alemão, Dobermann são os que mais tem propensão em sofrer desta doença no coração.

 

  • Gatos – Já em gatos as doenças mais comuns que se desenvolvem nos bichanos é a cardiomiopatia hipertrófica, que ocorre quando o ventrículo esquerdo do animal se espessa e enrijece, isso significa que o átrio esquerdo acaba aumentando muito o seu tamanho, e a cada vez que o coração contrai a quantia de sangue é menor que o normal.

A doença de cardiomiopatia hipertrófica é silenciosa, e ao passar do tempo só vai piorando e até se manifestar de forma que o gato comece a apresentar sintomas mais fortes e o dono perceba, a doença já ´pode estar em um estágio avançado. Por isso a importância de levar sempre o bichano em consultas para checape.

 

Sabia que cães e gatos que moram perto da praia, ou frequentam o ambiente podem contrair doenças cardíacas?

Então vamos lá!

Cães e gatos que convivem em ambiente muito tropical, em praias, ou você dono costuma ir viajar e sempre levar seu bichinho para praia, tome cuidado. A doença dirofilariose é causada por um verme parasita (nematódeo, conhecido também como dirofilaria immitis), este verme se instala na artéria pulmonar do animal, com isso na maioria dos casos atingindo o lado direito do coração, diminuindo a função cardíaca do bichinho.

Essa doença é transmitida pela picada de um mosquito, que acabam tendo em sua grande quantia em cidades litorâneas, mas especificamente em praias, principalmente aquelas que não são tão limpas. Claro que você pode levar seu cão e gato para a praia, mas previna-se e passe repelente em seu animal, claro que um produto próprio para animais de estimação.

 

Aprenda a identificar problemas cardíacos no seu animal de estimação

Não é tão fácil identificar se seu animal sofre ou está sofrendo com algum problema no coração ou não, infelizmente em muitos casos é difícil o próprio dono conseguir identificar, as vezes só um especialista veterinário mesmo.

Mas para você dono de cães e gatos, seja de qualquer raça, qualquer porte, filhote, adulto ou um animal com idade mais avançada, sempre leve seu animal de tempos em tempos para uma avaliação com um profissional veterinário, se a idade do animal for mais adulta, ou ele já estiver idoso aí que os cuidados precisam ser redobrados, pois estes animas já fazem parte do grupo de risco de doenças cardíacas.

Aqui no Hospital Veterinário Saúde há profissionais especializados em doenças cardíacas, e estão sempre a disposição para realizar uma avaliação no animal, mesmo que ele não esteja sentindo nada, só para ter certeza que o animal está saudável e não sofre de nenhum problema que ainda está silencioso.

Os problemas cardíacos nos animais são confundidos muitas vezes pelos donos por envelhecimento natural do cão ou gato. Por exemplo, um animal que já não está com o mesmo pique de antes, não aquenta correr mais ou passar muito tempo brincando, isso pode ser porque ele está sem folego por um problema ligado ao coração, e não a idade dele.

Fica o alerta para vocês donos de animais de estimação!

 

Tratamentos

Caso o animal sofra de algum problema cardíaco, ou o veterinário tenha alguma suspeita, os profissionais aqui do Hospital Veterinário Saúde já vão providenciar pedido de exames para ter um conhecimento maior em qual estágio do problema está, e qual o problema especifico que o animal está sofrendo, assim para encaminhar para o melhor tratamento.

Os exames incluem:

> Exames físicos;

> Mensuração da pressão arterial;

> Auscultação do coração e dos pulmões que estão entre eles;

> Raio-X;

> Eletrocardiograma;

> Ecocardiograma;

> Análises sanguíneas.

 

Se após os exames o problema for encontrado e confirmado, dependendo do estágio o veterinário encaminhara o bichinho para um tratamento especifico, com objetivo de diminuir os sintomas e dar um bem-estar maior para o animal. Cada caso tem uma necessidade, seja ele com uso de remédios ou até uma cirurgia, mas toso os problemas precisam de acompanhamento veterinário com mais frequência.

  • Internações

    No nosso Hospital Veterinário priorizamos o bem-estar do seu pet, com um atendimento personalizado, continuo e intensivo. Utilizamos aparelhos multiprofissionais para a internação de animais.
    VER MAIS
  • Emergência 24 horas

    O Hospital Veterinário Saúde funciona 24 horas para casos emergentes. Se você precisa de consultas, cirurgias ou internações, entre em contato conosco pelo botão abaixo. Estamos sempre a disposição no Hospital.
    ENTRAR EM CONTATO
  • Atendimento Veterinário 24 horas

    Oferecemos completa infra estrutura e médicos veterinários especializados para atender nossos pacientes com eficiência, buscando melhor cuidado e qualidade de vida ao seu pet. Clínica Veterinária 24 horas Completa.
    VER MAIS
Redes Sociais
Hide Buttons