Tudo o que você precisa saber sobre pets na praia

A sua intenção pode ser a das melhores, dividir um momento de lazer com os pets, mas pode ser extremamente perigoso tanto para eles, quanto para as pessoas na praia. Separamos esse texto a fim de esclarecer e dar dicas se você tem o hábito de levar seu pet para o mar.

 

Antes de tomar a decisão, o primeiro passo é verificar as regras do destino escolhido pela família. A maioria das cidades litorâneas brasileiras possui leis que restringem o acesso de animais à areia.

Nas cidades do litoral norte de São Paulo, por exemplo, as multas para o turista que não atender à recomendação dos fiscais variam de R$ 250* a R$ 1,6 mil*.

Mesmo as praias que permitem a presença de pets possuem suas regras. A mais importante diz respeito à coleta e ao descarte das fezes dos animais. O ideal é que as fezes sejam feitas bem longe da areia, no calçadão ou em casa, e que sejam recolhidas com o auxílio de um saco plástico e dispensadas em uma lixeira.

Cuidados essenciais

Em relação aos pets, a maior atenção com cães e gatos diz respeito à hidratação e à alimentação. Uma dica essencial é que os donos devem oferecer com frequência muita água limpa e fresca ao longo do dia.

Além disso, no verão, a dieta deve ser leve, à base de ração, dividida em três refeições diárias. E nada de dar a ele comidas que você experimenta à beira-mar, hein?

Durante o dia, também nem pense em deixar o cão ou gato “torrando” no sol! O ideal, inclusive, é que o pet receba uma camada de protetor solar veterinário nas áreas mais sensíveis, como focinho e orelha.

O animal deve também ser abrigado em locais protegidos do calor, de preferência sombreados e arejados. A exposição ao sol intenso não é prejudicial, mas os passeios devem ser realizados nos horários de menor intensidade do sol, como no início da manhã ou no fim da tardes.

Para evitar queimaduras nas patinhas, a dica é que o dono use o próprio pé como termômetro. Antes de levar o animal para passear, coloque o pé descalço sobre o asfalto ou areia para certificar-se de que a temperatura é agradável.

Os passeios também não devem ser longos, respeitando sempre o limite de cada animal. Ao notar cansaço ou ofegância excessiva, façam uma pausa para o pet beber água fresca.

Para driblar o calor, os animais podem, sim, se refrescar na piscina – sempre com proteção auricular, para evitar otites, e sob o monitoramento dos donos. Já do mar, é melhor manter distância.

Evite também locais com muitas gente, mesmo que a praia não seja muito bonita.

Algumas crianças têm medo de cães, por ser um lugar público é preciso ter empatia e pensar em todos.

É arriscado para a saúde?

Nas áreas litorâneas, existe um maior incidente de casos de dirofilariose, uma doença parasitária provocada por vermes cardíacos, especialmente em cães. O parasita aloja-se no coração e artérias pulmonares, podendo, em casos extremos, levar à morte do animal.

A doença é transmitida aos cães no litoral devido à presença dos pernilongos. Existem medicações muito modernas que previnem o parasita e devem ser administradas ao cão um mês antes, no mês da viagem e um mês após o passeio.

É importante ressaltar que o tratamento da dirofilariose é muito difícil e prolongado. Sendo assim, a prevenção é fundamental. A proteção contra pulgas e carrapatos também deve ser feita, além de manter os animais sempre com a vacina e vermifugação em dia.

Cães e gatos de rua circulam na praia à noite e contaminam o local com fezes, ou seja, a área oferece aos animais domésticos riscos de contágio de doenças de pele e verminoses.

As doenças de pele são muito frequentes, principalmente decorrentes do contato com a água do mar e a areia. Por isso, devemos evitar a ida do animal à praia. Uma caminhada pelo calçadão pode ser muito mais saudável e divertida”

Banhistas também em risco

Além das ameaças à saúde do animal, a presença dos pets na praia e mergulhos no mar podem oferecer também riscos à saúde dos turistas.

Nós do Hospital Veterinário Saúde trabalhamos 24 horas para oferecer o melhor atendimento para o seu pet. Exames de imagem, especialidades, vacinas, cirurgias, laboratório e todo o suporte para o seu pet. Com excelente localização, profissionais reconhecidos no mercado e capacitados para atender todas as necessidades do seu melhor amigo em todas as horas.

Leave a reply