Tudo sobre adestramento!

Adestrar cachorros pode não parecer a tarefa mais fácil do mundo, no entanto, por serem animais bastante inteligentes, essa tarefa pode ser simplificada com a ajuda de algumas dicas importantes e eficientes.

Quem tem pets em casa sabe que, em muitos casos, os animaizinhos acabam usando essa inteligência toda justamente para “dominar” a casa e ter seus desejos atendidos pelos donos, mas por meio de alguns passos simples e básicos, é possível adestrar cachorros e torná-los mais obedientes, garantindo a tranquilidade e até o silêncio (na maioria do tempo) em seu lar.

Procurando por Comportamento Animal ou Hotelzinho ?

Reforços positivos estão entre os métodos mais conhecidos para ensinar regras e truques para os cães e, deixando de lado qualquer tipo de violência conta os animaizinhos, a técnica é uma ótima opção para mostrar aos cachorro a melhor maneira de se comportar, podendo, ainda, estreitar a relação entre pais humanos e filhos de quatro patas durante o processo.

Valorizando as ações corretas do animal, o método do reforço positivo ajuda a adestrar o cachorro por meio de recompensas à sua obediência, ao invés de punir as ações erradas e bagunceiras dos cãezinhos. Existem alguns dog walkers que também ajudam nesta educação.

O importante durante esse processo é lembrar que o comportamento e a educação de seu cachorrinho (ou cachorrão) deve ser livre de violência, já que animais maltratados podem acabar desenvolvendo comportamento agressivo e não responder aos ensinamentos. Se o cão não fizer suas necessidades no lugar apropriado, por exemplo, leve-o ao lugar correto quantas vezes for necessário até que ele se acostume, sem fazer o uso de gritos ou punições. Quando o animal assimilar as informações e usar o local certo, recompense-o com carinhos e uma guloseima, repetindo esse tipo de reforço até que tal ação se torne um hábito. Lembrando que já falamos sobre algumas receitas de comidas para ajudar no adestramento.

Deixar o animal ligeiramente incomodado com algum estímulo negativo também pode servir como opção para adestrar o cachorro. Por exemplo: se ele late muito ou age de maneira errada, borrife um pouco de água na direção do focinho do cão (tomando cuidado para que a borrifada não vá para dentro do focinho), pois o desconforto causado pela água vai indicar que o comportamento é errado e fazê-lo parar sem que ele se machuque.

Demos 6 dicas para ajudar no adestramento antes e, como falado, quando administrado pelo dono, o adestramento traz ainda mais vantagens, , já que o cão passa a ter mais respeito por seu “professor”, aprendendo a tê-lo como líder e, consequentemente, obedecê-lo, porém existem adestradores muito bons que podem fazer a maior parte do trabalho pesado deixando somente a passagem dos comandos para o dono.

 

 

Leave a reply