Linguagem Corporal dos Gatos

laboratorio-veterinario

Os gatos utilizam da linguagem corporal para passar suas mensagens. Mas, não conseguimos entende-las. Muitas pessoas formam uma imagem errônea a respeito dos gatos, considerando-os falsos, traiçoeiros ou interesseiros. Mas tudo isso pode ser uma má interpretação do dono por não reconhecer tantos os sinais corporais dos felinos.

– Arqueando as costas: O gato o faz para parecer maior. Isso pode apavorar o inimigo, sendo um sinal de repulsa;
– Cauda solta e relaxada: demonstra tranquilidade ou indiferença;
– Cauda levantada: demonstra interesse;

– Cauda ereta com a ponta balançando gentilmente: o gato está demonstrando carinho;

– Cauda ereta com a ponta balançando rapidamente de um lado para o outro: demonstra aborrecimento;

– Sinais de ameaça: pupilas dilatadas, boca aberta mostrando os dentes e emitindo som forte;

– Sinal de contentamento: olhos levemente fechados, orelhas voltadas para frente;

– Bigodes inclinados para frente: Indica que ele está zangado. Junto com esta expressão, pode ainda ficar com as orelhas eretas dobradas para trás, que significa que está ficando raivoso;

– Sinal de fome: geralmente ele fica sentado, o rabo abaixado, o pescoço fica erguido e esticado. Mia tristemente para alguém atender seu pedido. Já os filhotinhos, quando estão com fome, choram muito parecidos com bebês. Ele vai chorar se sentir fome, frio e até se estiver longe da mãe;

– O gato se esfrega em você: está demonstrando não só carinho como está transferindo o odor do seu corpo, reivindicando você como parte do seu território;

– O gato deita e rola: Demonstra felicidade e satisfação.

Leave a reply